Acesso
select
Email Senha
Entrar   | Esqueci minha senha
Auditoria

A Auditoria pode ser realizada em qualquer empresa, de qualquer tamanho ou ramo de atuação, com ou sem fins lucrativos. A validação externa é considerada oportuna em várias situações. O relatório de auditoria possibilitará a identificação dos problemas ou vulnerabilidades e recomendações para melhorias.

Auditoria Contábil e Auditoria Financeira

Auditoria Contábil: tem a função de verificar a precisão dos registros contábeis. O objetivo da Auditoria Contábil é de emitir uma opinião sobre as Demonstrações Contábeis de uma entidade, envolvendo os critérios adotados para sua elaboração, bem como todos os processos de registros e controles desenvolvidos internamente. A Auditoria Financeira tem como foco a operação financeira como um todo, mesmo que a empresa não tenha interesse específico na publicação das demonstrações. Estas auditorias são muito úteis para conferir segurança aos dirigentes, conselheiros, empresas coligadas, parceiros estratégicos ou sócios minoritários.

Auditoria Preventiva e Auditoria Permanente

Esta análise tem por princípio manter as organizações preparadas para situações adversas, seja na prevenção de fraudes, desvios, falhas e/ou erros internos, até mesmo para o caso de levantamento de pontos vulneráveis quanto a procedimentos de controle financeiro, estoque, materiais de consumo e custos. A Auditoria Preventiva é uma ferramenta que possibilita às empresas condições para a tomada de decisões estratégicas relevantes, gerando métodos que possibilitem o fortalecimento de seus controles internos consolidando vantagens competitivas e minimizando fragilidades.

Auditoria Tributária

A Auditoria fiscal e tributária pode ser de natureza preventiva ou corretiva. São avaliados os procedimentos adotados pela empresa em todas as rotinas que tenham interface com exigências e procedimentos de natureza fiscal. O objetivo é identificar falhas ou riscos de contingências fiscais / tributárias, gastos indevidos ou oportunidades de redução de gastos através da adoção de procedimentos alternativos. Compreende a revisão dos cálculos dos tributos diretos (Imposto sobre a Renda e Contribuição Social) e os indiretos (ICMS, IPI, ISS e outros) e as exigências acessórias para atendimento à legislação vigente.